Recomendações de Viagem

Estas recomendações são fruto de enorme experiência de quem foi roubado em  Paris, preso na Venezuela e atropelado por bicicleta em Pequim; já perdeu o passaporte no Iraque, teve bagagem extraviada em Camarões, ficou sem dinheiro em Londres,  Milão, Roma e Bangui (República Centroafricana); sofreu discriminação em Veneza;  teve conexão cancelada em Abjã (Costa do Marfim) e em Miami, em difícil situação; e se aventurou por uma estradinha lamacenta e sem recursos, por uma noite inteira trancado na escuridão do baú de um caminhão de biscoitos juntamente com 3 desconhecidos, perdido na floresta Amazônica do Equador; vivenciou centenas de imprevistos ao longo de 25 anos de viagens internacionais a 35 países diferentes.

ARTIGO COMPLETO

3 ideias sobre “Recomendações de Viagem

  1. Muito úteis suas recomendações, Sr. Fidêncio! Mas acima de tudo um texto muito agradável de se ler! Vou lembrar-me deles quando tiver o privilégio de visitar, pelo o menos, 10% desses países por onde já andou. É um sonho que ainda ei de realizar.
    Um abraço!
    Christine

  2. As recomendações não são tão importantes. Importante é saber que a viagem trás o desconhecido, o imprevisível. Manter a mente aberta para o que vier…o coração livre para aceitar, sem preconceitos, e a curiosodade acesa para aprender !

  3. As recomendações não são tão importantes. Importante é saber que a viagem trás o desconhecido, o imprevisível. Manter a mente aberta para o que vier…o coração livre para aceitar, sem preconceitos, e a curiosidade acesa para aprender !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *